segunda-feira, 9 de março de 2009

Em destaque


Censurado em Angola, Marco Lourenço

Colectânea de Poemas que transmite todo um poderoso imaginário poético inspirado na Angolanidade. Ao longo da obra destaca-se um sentimento profundo de amor e uma íntima ligação à terra angolana. “A angolanidade é a minha terra, o livro, é a voz profunda dos rios que atravessam a manhã e das árvores na imensidão do beijo do luar, o reviver suave das cores, um sol boémio no coração dos homens, o cântico das sanzalas do mato que sopra nos teus cabelos, o perfume e a doçura das flores na madrugada dos sonhos.” in Censurado em Angola” – Prólogo.
Censurado em Angola; 228 páginas, capa mole, Tecto de Nuvens, 2008; PVP: 15€
Disponível em:
http://www.tecto-de-nuvens.pt/lojaTecto/loja2/9083/9083/osc/product_info.php?products_id=150
e nas instalações da Tecto de Nuvens (Rua da Constituição, 814, 3º, sala 17, Porto)
Marco Paulo Fonseca Lourenço, nasceu a 26 de Fevereiro de 1978, em Luanda, Angola. É militante do MPLA, Movimento Popular de Libertação de Angola, e estudante do curso de Direito na Universidade Internacional de Lisboa.

Nenhum comentário: